22 de dez de 2014

Nós somos assim

Hi Baby! Lembra? Assim que lhe comprimento todos os dias, não é? Por isso lhe escrevo agora o que eu sinto de verdade quando lhe vejo "ao vivo" ou em cores pelas fotos que postamos ou que postam você em sites amigos. A saudade de estar longe por algum tempo é logo saciada, através de cada encontro bem sucedido de cada saudade sentida. Me sinto hoje a pessoa mais feliz do mundo, por te-la conhecido há pouco mais de dois anos e que parece que nos conhecemos há anos. De tantas coisas em comum que temos de um para outro. Isso que sinto hoje por você mulher, mãe e vó. Tem só uma palavra: AMOR.
Sergio
 — se sentindo muito feliz.