16 de mar de 2013

Sei o que quero.

Já morri de paixão,
já vivi emoção,
já sonhei sensação,
já curti tentação
já tive decepção.

Já pulei de alegria,
já  cometi ousadia,
já senti covardia,
já vesti fantasia.

Já chorei nostalgia,
já cantei melodia,
já gritei de euforia,
já  fiz teimosia.

Já me perdi de amor,
e me encontrei na dor,
já senti seu sabor,
já beijei sem pudor.

Já vivi tudo isso
agora quero encontrar
alguem de verdade, espero,
porque eu sei o que eu quero.

Lígia

7 de mar de 2013

Seu rastro.

Nos afastamos, nos desligamos,
Tantos enganos...
voce se foi com medo,
fiquei só nesse enredo.

Sai de fininho pra não sofrer,
fiquei só no ninho pra não te ver,
nos perdemos no espaço,
no riso, no pranto,
acabou-se o encanto.

Aos poucos voce foi indo,
do meu pensamento saindo,
deixando a alma vazia,
o coração se aquietou,
o sentimento voou.

Voce foi mas deixou seu rastro,
ficou seu perfume no ar,
seu desejo a me alucinar,
meu corpo a te procurar,
meu olho em seu olhar,
meu beijo a querer te beijar,
meu abraço a te apertar.

Mas foi, ficou só a lembrança,
morreu a esperança,
só seu gosto na minha boca,
seu jeito que me deixa louca
de desejo e eu não tive o prazer,
de em seus braços sentir,
a emoção de me entregar a voce.

 



Foi, acabou de uma vez,
mas ficou uma sombra em meu ser,
ficou um restinho do céu,
de algo que não aconteceu.

(Ligia)